Vestibular UERJ 2011: Sistema de Cotas continua


EM PRIMEIRÍSSIMA MÃO: A Justiça mantém lei que estende por mais dez anos a reserva de vagas para negros, indígenas, alunos da rede pública, portadores de deficiência e filhos de policiais, bombeiros e inspetores de segurança e penitenciários mortos ou incapacitados em serviço em universidades estaduais do Rio de Janeiro.

O Órgão Especial do TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro) decidiu pela constitucionalidade da Lei de Cotas no Estado. Por 15 votos a 6, os desembargadores julgaram improcedente a representação do deputado Flávio Bolsonaro (PP), que pedia a suspensão da Lei 5.346/2008.

Há seis meses, os desembargadores haviam concedido liminar à mesma representação. Diante da repercussão negativa e do apelo de reitores por conta dos vestibulares em andamento, o colegiado postergou o início da legitimidade da liminar para 2010. Nesta quarta-feira (18), os magistrados mantiveram a validade da lei. Bolsonaro anunciou que vai apresentar recurso ao STF (Supremo Tribunal Federal).

O relator do processo, Sergio Cavalieri Filho, disse que as ações afirmativas funcionam para garantir a isonomia:

– Há grupos minoritários e hipossuficientes que precisam de tratamento especial. A Justiça do Rio sinalizou para todo o Brasil que separar a sociedade em brancos e negros é constitucional e moral. O que eu lamento.

Anúncios

Publicado em 19/11/2009, em CBMERJ, PMERJ, UENF, UERJ, UEZO e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. 135 Comentários.

  1. Maurício de Souza

    A inclusão social é um dos passos para um Brasil melhor! Aqueles que tentam por fim ao sistemas de cotas não pensam no próximo.Mas em minha opinião, deveria haver somente cotas para escolas públicas e pessoas com necesssidades especiais,já que assim se garante benefício para os que realmente precisam.Nas cotas para negros a filha do Barack Obama também teria direito a este sistema? Sou a favor somente das cotas para candidatos oriundos de escolas públicas e com necessidades especiais.Que continue as cotas,que continue a construção de um Brasil mais justo.

    • É óbvio que a filha do Obama não teria direito ao sistema. O edital é claro ao determinar que é necessário enquadrar-se na situação de hipossuficiência para poder ser atendido pelo regime de cotas. Em suma: não basta se autodefinir negro ou indígena, tem que ter renda abaixo do piso determinado pelo edital. O mesmo vale para candidatos cotistas oriundos da rede pública e demais grupos de cotas existentes.

      • O sistema de cotas pra “negros” é só mais um nome a ser dado pras cotas, ou seja, todos os que possuem uma renda mensal de até 900 reais por pessoa em sua família conseguem a cota pra negros. Acho mais do que justo esse sistema de cotas, pois nem todos têm condições de pagar um colégio dígno aos seus filhos.

      • SouVestibulando

        Christine, sua afirmação é improcedente. A renda de cada um dos integrantes da moradia do candidato não deve ultrapassar R$ 960. A questão levantada de que qualquer pessoa consegue a ação afirmativa para negros é uma característica da auto-declaração, isto é, caso um indivíduo, apesar de ser ser branco, se auto-afirmar negro, ele faz jus à cota. Porém, a lei prevê que, no ato da matrícula na universidade, deverá haver um ou mais fiscais, estes membros da universidade, para averiguar as condições do cotista – se procede ou não. Existem muitos casos de pessoas que são aprovadas e classificadas, mas por decisão da Fiscalização de Ação Afirmativa, essas pessoas tiveram de ser eliminadas do Concurso Vestibular.

  2. O cara, antes de falar sobre o sistema de cotas para negros, vá se informar primeiro. Respondendo a sua pergunta, a filha do Obama não iria ingressar pelo sistemas de cotas, pois todas as modalidades de cotas exigem a carência socioeconômica, o que a filha do presidente do Estados Unidos não é.
    Todo mundo que pretende entrar pelas cotas deve ter uma renda per capita máxima a um valor estipulado no edital da universidade, ou seja, se você é autodeclarado negro ou pardo, mas é rico….não pode concorrer as vagas das cotas!!!!

    • Concordo com vc Fernado. Afinal, se não tivessemos um histórico de escravião da etnia negra e indigina em nosso pais, que deixaram marcas q se perduram até os dias atuais como diversas pesquisas já com provaram, não precisariamos da cota para etnias…
      E nado quando todos os cidadãos cumprirem com seus deverem e lutarem por seus direitos, creio talvez assim possamos ter uma sociedade mais justa, onde os programas instituídos realmente alcançem o público alvo.

  3. Como entro na cota?? como comprovo minha renda e com quantas pessoas moro?

  4. Tem certeza disso ?
    De onde você tirou essa notícia ?
    Bjkas

    • Victor França

      Carla, você pode revisar todo o conteúdo da notícia, acessando o site do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ).

  5. Fernando , voce esta muito mal informado!!! muitas pessoas que entram pelo sistema de cotas se aproveitam pelo sistema pela maior facilidade de acesso a universidade pública. Sou estudante de UERJ e conheço amigos meus com situação econômica muito privilegiada e entraram pelo sistema de cotas o qual é muito fácil de burlar. Sem comentar os loiros de olhos verdes que se declaram afrodescendentes….. todos nós Brasileiros podemos nos autodeclarar negros. Otario foi quem não colocou cotas!!!!
    p.s.: não sou contra os cotistas e sim contra o sistema das cotas para NEGROS e INDIGENAS !!! NÃO DEVEMOS SER DEFINIDOS POR RAÇA !!!

    • Se você conhece pessoas que burlam as leis porque não denuncia?
      Ficar criticando é fácil e muito cômodo.

    • Muito simples de você resolver esse problea: imprensa, amigo… ai lá e denuncia… ficar aqui dizendo o que todo mundo já sabe é que não vai dar resultado nenhum…

    • Sgt Rodrigues

      Naldo, eu sou negro mas felizmente sempre tive oportunidade de estudar em um bom colegio. Em 2002 entrei para federal do rio, quando o sistema de cotas nem estava em vigor. Mas larguei pq prestei concurso pra sargento do exercito e fui seguir carreira militar. Atualmente estou me preparando para a federal novamente, mas nem pelo fato de ser negro vou tentar pelo sistema de cotas, primeiro pq penso q as cotas sao para os negros que nao tiveram acesso a uma boa educação e dpois pq minha renda nao atende ao estipulado no edital. Mas mesmo que estivesse nao tentaria pelo sistema de cotas, pq sou a favor do sistema mas tenho consciencia qual foi o intuito do governo federal ao criá-lo. Entao o sistema de cotas é muito simples, pq nao visa propriamente o negro e sim a determinados grupos etnicos que por coincidencia estao enquadrados na classe de menor prestigio social, ou seja todos que entram pelo sistema de cotas sao alunos de baixa renda. E se tem camarada dando o golpe e entrando é dever seu denunciar. Entao as cotas nao tem nada a ver com o intelecto do negro, do indio ou do pardo, é uma medida paleativa do governo até um dia nossos governantes darem realmente uma educaçao de qualidade a quem nao pode arcar com o ensino privado. Agora para de reclamar e vai estudar pq com cotas ou sem cotas, tem negro, branco, indio estudando..fica com a vaga aquele que merecer..
      Justiça é tratar os desiguais de forma desigual.

  6. francisca marques veras

    gostaria de sabre data inscriçao do vestibular para 2011 da uerj

  7. Gostaria de saber quando vai ser a prova para vestibular 2011…
    e a inscriçao..

    • SouVestibulando

      Thamiris, não há data definida ainda para as provas do Vestibular da UERJ 2011, nem prazo de inscrições. Fique atenta.

    • Thamires, as inscrições para o vestibular da UERJ já estarão abertas até o dia 29/07/2010, através do site da UERJ.
      A prova será realizada no dia 12 de Setembro.

  8. NOVA IGUAÇU, 15 de MARÇO de 2010.
    SOLICITO INFORMAÇÃO SOBRE O VESTIBULAR 2011. SOU NEGRO E BOMBEIRO DO ESTADO RJ E GOSTARIA DE ESTUDAR NA UERJ.
    QUANTO AO SITE ADOREI O BOM GOSTO, É BASTANTE INFORMATIVO E COM TODA CERTEZA É ÓTIMO A ORIENTAÇÃO. GRATO JEAN

  9. mariana ferreira

    amigos eu estou esperando mesmo é o resultado da ufrj que por sinal esta lento demais quanto a sistema de cotas eu não acredito muito nisto não essas coisas não funcionam direito vcs ouviram falar sobre os alunos do pro uni que tinham carros avaliados em um milhão? sou negra e procuro mesmo é estudar e concorrer em ampla concorrencia ai tenho certeza se vou conseguir ou não,e o sisu? quantos perderam a vaga e outros que nao conseguiram , o sisu veio com algumas açoes afirmativas como cotas,e para quem estudou todo ensino médio em escola publica porém no final pelo que observei o que prevaleceu foi a nota de corte que em ampla concorrencia ultrapassava as açoes afirmativas , pelo que percebi não é bom confiar nessas coisas de cotas,açao afirmativas.o conselho que eu dou a todos que estao tentando ingressar no ensino superior é estudar, façam cursos pre-vestibulares organize seus estudos e assim por diante, é melhor não confiar em nada que vem do governo,eu sou negra e quero concorrer de igual pra igual,eu entendo que muitas das vezes precisamos trabalhar e ficamos sem tempo para estudar sem falar que muitos alunos seus pais podem pagar cursos pre vestibulares carissimos porem nao vamos desanimar vamos dar um jeitinho e estudar para que alcansemos nossos objetivos e nao depender de cotas .

  10. Mariana, li seu comentário e gostei muito, independente da diversidade no ítem cota, eu não entendo, pq ainda meu filho não passou por isso. Eu so luto para que se tenha mais justiça entre nossa classe pobre. Eu fico perplexa com tantos estudiosos do governo que trabalham em prol de nossa melhoria, mais que na prática não funciona. Como foi o caso que você citou, filhos de pessoas ricas prevalecendo-se do privilégios do PROUNI, pelo menos o Tribunal de Contas consegui descobrir essa maracutaia e a população tomou conhecimento, e quando a gente nem sabe da informação. Eu acho que não deveria ter discriminação, já que falamos tanto em desigualdade social, mais no fundo vejo esse sistema de conta uma violação aos direitos de cidadania.
    Pois só está acirrando as desigualdades sociais,econômicas e trazendo prejuízo emocional, por que o aluno passa o ano inteiro estudando para conseguir seu objetivo e se depara com as seguintes barreiras. O processo seletivo, inscrição,provas e documentação, no final se ganhar acima de R$960,00 por pessoa está fora. Tais medidas devem ser revistas, o resultado final é que eu só vejo, filho de pessoas influentes na faculdade pública, e o filho do pobre pagando faculdade particular, pelo fato que a vida continua, no entanto o mercado de trabalho inclusive é discriminatório, pois só querem gente 18-27 anos, com boa formação isto inclui a faculdade de preferência no 4° período em diante,falando inglês fluente, carga horária de 6 horas, o aluno tem a obrigação de estudar à noite, dependendo da área receber bolsa auxília de R$400,00. Agora te pergunto de onde o aluno pobre tira dinheiro para ter que cumprir as exigências de mercado, eu como mãe que trabalhava 18 horas por dia, consegui sustentar meu filho com todos esses ítens exigidos. É desmerecer a inteligência e acabar com a vida literalmente do aluno, por isso só cresce a taxa de evasão escolar e pobreza. Quanto a estudar meu filho está louco comigo, porque eu só estudo 10-14 horas por dia e digo que ele tem que fazer a mesma coisa, só que pra ele não dá, pois ele mesmo já arrumou vários ocupações para tentar ser o melhor.

  11. Corrigindo: Trabalhando 18 horas por dia, NÃO consegui sustentar meu filho…

  12. mariana ferreira

    obrigado maura parabens pelo esforço com seu filho , beijosssss

  13. queria saber como funciona o sistemas de cotas para estudantes da rede publica.
    ouvi dizer que se estende apenas para os estudantes que estudam desde o 6° ano ( antiga 5° serie ), outros dizem que é para os que fizeram o ensino medio todo na rede publica.
    como estou vendo que o pessoal ta mais dentro do assunto que eu queria me informa melhor.
    desde ja agradeço

    • Antônio, tem que ter feito todo o antigo ginásio (5ª a 8ª) ou atual 6º ao 9º ciclo e também todo o 2° grau em rede pública (tem que ter feito as duas coisas, uma só não vale).

  14. mariana ferreira

    boa noite antonio, feliz páscoa para você e sua família, antonio pelo que entendi sobre sistemas de cotas nos ultimo vestibular que prestei ao qual foi a ufrj eles não informaram nada sobre sistema de cota pelo menos eu não vi nenhum assunto a respeito,porém o sistema de seleçao unificada o (sisu) algumas universidade vinheram com este bendito sistema de cota ( ações afirmativas ) em que alunos que cursou todo ensino médio em rede publica tinha um bonus,nas provas do enem,outras universidades deu bonus para professores já formados q

  15. mariana ferreira

    boa noite antonio, feliz páscoa para você e sua família, antonio pelo que entendi sobre sistemas de cotas nos ultimo vestibular que prestei ao qual foi a ufrj eles não informaram nada sobre sistema de cota pelo menos eu não vi nenhum assunto a respeito,porém o sistema de seleçao unificada o (sisu) algumas universidade vinheram com este bendito sistema de cota ( ações afirmativas ) em que alunos que cursou todo ensino médio em rede publica tinha um bonus,nas provas do enem,outras universidades deu bonus para professores já formados queriam concorrer para uma segunda graduação , e veio tambem com ampla concorrencia que é de igual pra igual ,antonio no sisu as vagas de açoes afirmativas ou seja cotas era apenas entre nove ou dez vagas enquanto para ampla concorrencia um numero bem maior,pra que o sistema de cota se as vagas para ela são tao poucas? porque vagas para quem cursou todo ensino médio em escola publica se de 35 vagas apenas 8 para quem estudou em escola publica? sinceramente é melhor concorrer em ampla concorrencia,há alguns dias eu me inscrevi no sisu e infelizmente nao consegui o curso serviço social na unirio pois ela entrou no sisu sem sistema de cota e sem açao afirmativa e as que entraram deram apenas um bonus de 10 ou 12 % par alunos que cursou todo ensino médio em escola publica antonio vou te dar um exemplo se sua nota final no enem foi de 470,00 pontos com o bonus de ações afirmativas ela sobe para 512,00 fez alguma diferença? se no sisu as notas de corte variavam entre 700,00 pontos a aprtir dai voce com 512,00 pontos de ações afirmativas ou sistema de cotas já ficou fora,pois é antonio se vocé pretende cursar faculdade meu amigo te aconselho estudar e estudar e concorrer de igual pra igual, se informe sobre cursos pre-vestibulares,infelizmente essas coisas de governo não funciona bem,pra que eu quero sistema de cotas se só tem apenas 8 ou 9 vagas ? não é melhor estudar e concorrer para 50 vagas? sei que é dificil trabalhar pesado,e a noite estudar porém nós temos historias de pessoas que venceram um pouco de esforço e luta fica mais gostoso entrar,eu vou me orgulhar no próximo vestibular da ufrj que entrei para cursar serviço social não pelo sistema de cota mais pelo meu esforço pois trabalho de 07:30 da manhã as 17:30 da tarde de seg a sexta,sabados e domingos eu vou entrar em um pre-vestibular,para não depender do sistema de cota,sou negra tenho 30 anos e não quero esmola,quero levantar a cabeça e entrar na ufrj,sabendo que estudei e me esforcei,vou concorrer de igual pra igual,pois não adianta o governo colocar de 50 vagas apenas 8 para negros,tem muita gente ai estudando pagando pre-vestibular carissimos para entrar em universidade publica quando na verdade poderiam ate pagar,mas tudo bem essas pessoas com tudo isso tem 50 vagas disponivéis em um curso e porque eu negra só tenho 8? não eu quero concorrer para umas das cinquentas. antonio Estude se esforce que Deus te abençoe.

  16. legal….na próxima encarnação tomara q eu nasça negro tb…
    assim é mole pqp

  17. Essa cota não serve pra filhos de Militares das Forças Armadas, tipo Marinha e etc ?’

    • Penso que só serve em casos, onde o pai militar, seja falecido!

    • Allan, somente servidores militares do estado do Rio (PM, Bombeiros e agentes penitenciários) mortos EM RAZÃO DO SERVIÇO. Se o pai era PM e morreu de infarto em casa, não será contemplado. Filhos de militares das forças federais não são atendidos pelo regime.

  18. Natalia Quirino

    Eu sou negra e sinceramente não concordo com esse sistema de cotas. Muitos amigos meus que também são afrodescendentes têm a mesma opinião. Acho que esse sistema subestima os negros e os indígenas…Sem querer me gabar, sou bem mais inteligente que muitos brancos aí…Sem falar da fácil burlação dele, já que qualquer um pode declarar-se afrodescendente.
    Não concordo mesmo com esse sistema…por mais que me beneficie não acho uma coisa legal, porque querendo ou não está nos discriminando.

  19. mariana ferreira

    ISSO AI NATALIA CONCORDO COM VC LEIA MEUS COMENTARIOS ACIMA ,NÓS NEGROS NÃO QUEREMOS ESMOLA DO GOVERNO TEMOS CAPACIDADE SIM DE ESTUDAR E CONSEGUIR NOSSOS OBJETIVOS COMO QUALQUER UM OUTRO INDEPENDENTE DE COR.

    • discordo de opnioes contra a cota tem que haver sim o sistema de cotas, porque todo negro sabe que é menos favorecido,até pra se arranjar um emprego e não venha me dizer que “tem negro ocupando cargos altos por isso é menor a discriminaçao” porque nao é, esses sim sao exemplos de superaçao.
      e nao é esmola do governo não, é um pouco de sua obrigaçao.Nós temos que lutar é para que essas cotas sejam bem avaliadas para beneficiar quem tem, de fato, direito.

  20. A parada é entrar na facul! se você é negro, parabéns, vc tem cotas, fica mais facil de entrar! FODASE os outros! Sou negro, estudei a minha vida inteira em escola particular, não sei se tenho direito de cotas para negros, mas não vou querer essas cotas, prefiro deixar para os meus irmãos negros que infelizmente não tiveram as mesma chances que eu, pois o sistema público é precário e não tem como competir de igual pra igual com as particulares(infelizmente é a realidade), o aluno de escola pública tem que sacrificar além da sala de aula para ingressar em uma federal, e as cotas são honestissimas

    • Concordo!

    • Agno, vc entendeu o espírito da coisa. E só esclarecendo, você não seria atendido pelo regime por não se enquadrar na situação de renda. Como eu disse em outras respostas aqui, não basta ser negro, tem que estar abaixo do piso mínimo de renda estabelecido. Não sou negro, não sou indígena, não sou filho de PM, BM ou AP morto em serviço, mas conheço a realidade do meu país de perto, se não der um empurrão pra quem vem da favela (e, sem preconceitos, todo mundo sabe que 70% pelo menos das favelas é composto por afroescendentes) o preto pobre não acessa a universidade. O sistema de cotas é válido sim, mas a fiscalização tem que ser mais bem feita, afinal, como muitos aqui sabem, tem muita gente estacionando seu Audi na UERJ e que é cotista…

  21. A única cota coerente é a da rede pública!!

  22. Eu gostaria de saber, como fazer para entrar na cota de 2011?

  23. mariana ferreira

    POIS É DAIANE PARA ENTRAR EM COTAS VOCE DEVE FICAR ATENTA AOS EDITAIS DAS UNIVERSIDADES,A UERJ JA ESTA COM INSCRIÇOES ABERTAS,AI É IMPORTANTE VOCE ACESSAR O SITE E LER TODO EDITAL PARA SABER COMO FAZER PARTE DO SISTEMA DE COTAS NO ATO DA INSCRIÇÃO,A UFF A PARTIR DESTE MÉS ESTARA LIBERANDO O DOCUMENTO PARA PEDIDO DE INSENÇÃO,ACESSE O SITE DA UFF, BOA SORTE DAIANE!!!

  24. caso o meu pedido de cotas for indeferido…eu sou eliminada do vestibular..?

  25. Olá ! Gostaria de saber se as cotas pra estudantes de escolas públicas são válidas somente para quem cursou toda a vida escolar em escolas públicas ? E quem só estudou em escola pública no ensino médio?? tem direito a cotas ??

    • SouVestibulando

      Marcelle, para uso dessa modalidade das cotas, é obrigatório ter estudado os ensinos fundamental e intermediário em rede pública.

  26. Maria Silva

    Olá Amigos do Sou Vestibulando, Eu quero saber qual minha nota final no Enem 2009 voces podem me ajudar, sinceramente eu nao sei como fazer esta conta desde já AGRADEÇO,eis ai minhas notas:

    Matemática e suas Tecnologias: 411.6

    Ciências da Natureza e suas Tecnólogias: 443.6

    Linguagens Códigos e suas Tecnólogias: 519.9

    Ciências Humanas e suas Tecnólogias: 548.8

    Redação: 450,0

  27. Ola!
    Estudei toda minha vida em escola pública, mas conclui o ensino médio no ano de 2009.
    Tenho direito a cota, ou seria so para o vestibular 2010?

    Fiz a primeira fase da UERJ sem cota, teria como pedir cota para o segundo exame?

    Muito obrigado

    • SouVestibulando

      Emerson, não existe cota para exames de qualificação. Apenas para o exame discursivo.

    • Se você quis dizer que estudou sua vida inteira em escola pública, e seu último ano em escola Particular, não tem direito a cota para Rede Pública, pode tentar cotas para Negro caso seja o seu caso. E as cotas, como o “SouVestibulando” disse, só para a 2° fase, que é o Exame discursivo e final, que será realizado em Dezembro, nele sim que você pode pedir cota.

    • Se você tem a renda bruta familiar (a renda sem descontos) abaixo do piso mínimo (que no ano de 2010 foi de 960 reais) e estudou, como disse, toda sua vida na rede pública, você é atendido pelo sistema de cotas sim. Isso vale enquanto o sistema funcionar da maneira atual, devendo ser verificado o ajuste que eles fazem no valor da renda mínima (já foi de 890 em 2009, passou para 960 em 2010).

  28. Desculpe perguntar antes de fazer uma pesquisa mais aprofundade.
    Estive olhando no edital, e achei a resposta.

    “O candidato aprovado em pelo menos um dos Exames de Qualificação estará apto a realizar o Exame Discursivo, segunda fase do
    Vestibular Estadual 2011, e, somente nesta fase, fará opção pela instituição, pela carreira e, se for o caso, pelo Sistema de Cotas
    regido pela Lei Estadual nº 5346/2008.”

  29. mariana ferreira

    PASSEI NO EXAME DE QUALIFICAÇÃO DA UERJ ESTOU MUITO FELIZ AGORA É CORRER PARA A DISCURSIVA.

  30. Estudei meu ensino médio em instituição pública e meu ensino fundamental em instituição particular. Tenho direito a cota?

  31. Sou parda ,posso concorrer a cota para negros ou tem que ter a pele negra?como é avaliado este tipo de cota?

    • SouVestibulando

      Mar, na verdade, qualquer um pode dizer que é negro. O sistema de ação afirmativa para negros da Uerj é feito assim: você envia para a Uerj, nas datas estipuladas no edital do exame discursivo, uma auto-declaração dizendo que você é negro(a). Todos os detalhes podem ser conferidos em http://www.vestibular.uerj.br

      • não entendi como assim qualquer um pode dizer q é negro e?rs, não rola uma vistoria???!!
        e para indiginas como é o procedimento não achei nada especifico no site da uerj…
        grata pela atenção

      • SouVestibulando

        Mar, exatamente. Na lei diz que deve existir uma para pessoa para ver se o cotista é realmente negro, mas na realidade não existe vistoria. Para índigenas o processo é o mesmo.

  32. boa noite amigo ” sou vestibulando” por favor me responda por gentileza, sou negra tenho 34 anos trabalho de carteira assinada ganho um salario minimo,meu esposo trabalha e ganha 1,300,00 (mil e trezentos reais) eu já fiz o primeiro exame de qualificação passei com conceito “D” NÃO GOSTEI DO MEU DESEMPENHO E VOU FAZER NOVAMENTE PARA CONSEGUIR UMA NOTA MAIOR, amigo eu posso concorrer a cota para negros? nossa renda mensal passaria na avaliaçao da uerj ou eu serei vetada de entrar no sistema de cota? se eu não conseguir a cota como será a concorrência para mim? DESDE JÁ AGRADEÇO E DESEJO A TODOS DESTE MARAVILHOSO SITE UMA BOA NOITE!!!!

    • SouVestibulando

      Luciana, para participar do sistema de cotas você deve atender à condição de carência socioeconômica defnida como renda per capita mensal bruta igual ou inferior a R$ 960,00 (novecentos e sessenta reais) de CADA PESSOA DA SUA CASA.

    • Luciana, acredito que você conseguirá sim, pois como moram duas pessoas na sua casa, a sua renda somada a do seu esposo não poderia ultrapassar o valor de R$ 1.920,00, que penso que não seja o seu caso.

    • Luciana, vamos por partes.
      O sistema de cotas só é disponibilizado a partir da segunda fase do vestibular (exame discursivo) portanto, você ainda tem tempo de se organizar caso faça jus ao sistema.
      A renda a ser analisada é a renda bruta familiar mensal (todos os proventos do contracheque, sem os descontos, de todos os ocupantes da residência, divididos pelo número de ocupantes).
      Não basta ter essa renda abaixo do piso (que no ano de 2010 foi de 960 reais e deverá ser ajustada para algo em torno de 1000 reais esse ano), mas atender a outras exigênicas: ou ter estudado desde a antiga 5ª série até o fim do ensino médio em escola da rede pública; ou ser negro ou indígena; ou ser filho de PM, BM ou AP morto ou incapacitado em razão do serviço;
      Em todos os casos, a documentação exigida é extensa e deve ser providenciada com antecedência, porque o prazo para envio é curto.
      Entre no site do vestbular da UERJ e dê uma olhada no edital do ano passado, porque o desse ano ainda não saiu, geralmente ele é igual, só com a renda mínima sendo ajustada de um ano para o outro.

  33. Olá pessoal, a respeito das cotas na UERJ, queria saber se posso solicitar cotas para a rede pública, porque cursei da 5ª a 8ª série, em Colégio Particular na condição de Bolsista Integral, abraço!

    • SouVestibulando

      Matheus, não é permitido. Segundo o decreto-lei instituído no Estado do Rio de Janeiro, só tem o direito à cota – modalidade rede pública – aquele aluno que estudou do 6º ano do Ens. Fund. ao 3º ano do Ens. Médio, totalmente em rede PÚBLICA. O fato de ter ingressado em rede particular, seja de qual forma for, não o permite ingressar pelo sistema.

  34. ” ufa que alivio então seria 960,00 para cada pessoa? seria assim exemplificando eu ganhando até 960,00 e ele tambem mesmo o dele passando de 960,00 mais no caso o meu não passa,sem falar que temos um casal de filhos de 12 e 7 anos de idade, muito obrigado pessoal fiquei super ALIVIADA,BEIJOS E BOA SORTE A TODOS, MAS UMA VEZ (PARABÉNS AOS AMIGOS RESPONSÁVEIS POR ESTE SITE)

  35. Bom…eu concordo com as cotas e acho que quem mt reclama é pq pensam que os alunos sai de escola publica e vai fazer cursinho e consegue entrar em uma faculdade tirando a oportunidade de quem estuda mais de 1 ano de cursinho entrar. Mas a situação nao é a mesma pra muitos que saem de escola públicas pq nao são todos que tem condições.
    Eu por exemplo, sempre estudei em escola pública e mal tinha aula direito e sendo que a sala tinha mais de 40 alunos oO. Quero mt fazer cursinho nao só para entrar na faculdade mas tbm pra eu saber pelo menos o necessario do ensino médio que é pedido em concursos publicos. Minha familia nao tem condições de pagar cursinho..concurso de bolsa? tentei mais mal acertei a pontuação que precisava pq meu pai só pode pagar 100 reais =/. Atualmente estudo em casa com umas apostilas do anglo do ano 2002 e algumas de 2007 que consegui na biblioteca publica…para pelo menos tirar uma boa nota no concurso de bolsa.
    Tentei arrumar emprego mais nao consegui…atualmente ainda tenho esperança em conseguir emprego pra poder pagar pelo menos um semi ainda nesse ano e nao perder mais um ano =/.

    Sistema de cotas é a salvação pra quem sai de escola pública e que precisa recuperar quase toda a matéria do ensino médio e conseguir entrar na faculdade…pq mts nem tem apoio dos pais. TOMARE QUE O SISTEMA DE COTAS CONTINUE para poder ajudar pessoas que passam pela mesma situação e dar oportudade em entrar na faculdade. Pq sem o sitema de cotas imagina o aluno de escola particular que tem todo o tempo pra estudar e os pais pagam o cursinho concorrendo com aquele que trabalhou e fez cursinho ao mesmo tempo, é lógico que o de escola particular vai tirar nota maior pois eles no ensino médio ja tem preparação pro vestibular o que na escola publica nao se tem.
    Sorte a todos!

  36. Também passei no exame de qualificação, mas no meu nome ficou faltando o primeiro i, e ficou Maurcio, por que quando pegeui meu cartão de inscrição, já tinha passado a ápoca da retificação de dados, será que dará algum problema?

  37. COTAS APENAS PARA QUEM REALMENTE PRECISA! COTAS APENAS PARA ESTUDANTES DE BAIXA RENDA E DE COLEGIO PUBLICO. AFINAL TB INCLUEM NEGRO E INDIGENAS QUE REALMENTE PRECISAM. NAO PRECISAMOS QUE ACENTUEM MAIS NOSSAS DIFERENÇAS ETNICAS, DIREITOS IGUAIS.

    APENAS MINHA OPINIAO, OBRIGADA =D

  38. olá amigos do sou vestibulando moro em duque de caxias rj e passei para a segunda fase da uerj eu gostaria de sabewr se voces podem me informar algum curso preparatorio especifico para provas discursivas pois vou optar por (pedagogia) e minhas materias discursivas sao geografia,historia,portugues com redaçao,ou algum livro para que eu possa estudar desde já agradeço e desejo uma boa noite a todos e parabéns por este maravilhoso site, bjsss

    • SouVestibulando

      Aninha, parabéns! Um curso ótimo para aprendizagem seria o estudo empenhado e sistematizado em sua casa mesmo. Cursos preparatórios, como se sabe, não fazem milagres. Impondo rigidez à duração de estudos com seriedade fica mais provável a sua aprovação. Sugerimos que leia e avalie com minuciosidades as provas específicas anteriores. Provas antigas são um ótimo guia de estudo. Livros usados no ensino médio são ideais também. Empenhe-se! É só acreditar!

  39. Se voçês olharem a história, faz apenas 122 anos da abolição.
    Mas o negro contribui para a contrução deste país há mais de 500 anos,
    matemáticamente falando, os negros trabalharam em torno de 350 anos de graça!!!,
    para o brasil (povo). Já que houve essa exploração nada mais justo doque dar-mos o mínimo de dignidade que é inerente ao ser humano, não como uma forma de pagamento, pois isso não terá dinheiro que pague, mas sim como uma obrigação de toda sociedade brasileira.
    Se voçê negar isso voçe não é brasileiro.
    obs: o fato é que temos de estudar.

  40. Renata Pesset

    visto que os negros de escola particular não podem utilizar as cotas, apenas alunos de escola pública podem utilizá-las, ou seja, no fim todos os alunos que utilizam cotas são de escolas públicas. Para que essa separação de cotas?

    • Renata, penso que você está equivocada. Para os alunos que optarem pelas cotas (negros, índios, Deficientes,filhos de militares) não existe a exigência de serem oriundos de escola pública, apenas exigem que tenham a renda per-capta inferior a 960,00 mensais.

  41. penso que realmente a unica cota coerente é a da rede pública allém do que eles pedem tantos documentos que chega a enfadar o candidato,para que tanta documentação? para que enviar pelo correio? sera que o candidato tem dinheiro para xerox e depois dinheiro para enviar pelo correio? é muita burocracia,e com tudo isto acaba quem não precisa conseguindo entrar e quem realmente precisa fica de fora.pois é amigos vocês lembram do caso do prouni? que estudantes com carro importado faziam parte do programa como pode isto? ainda bem que foi descorberto,agora vejam minha situação acordo as 05:00 da manhã saio de casa as 05:30 pego duas conduçoes para chegar ao trabalho as 07:30 saio as 17:30 chego em casa as 20:00 fiz o ultimo enem e ganhei apenas uma bolsa de 50% do prouni,eu recusei não fui fazer a inscrição achei muita humilhação eu quero integral porque realmente preciso como vou pagar metade de uma faculdade com esta carga horaria no qual trabalho e ganho apenas 582,00? a faculdade que eu concorri no prouni foi de pedagogia e eu teria que pagar 180,00 como ? fala serio isto é uma vergonha para quem sonha como eu me formar em professora,mas com muito esforço paguei a taxa de 41,00 na uerj e passei para o exame discursivo vou optar por pedagogia sem pedir cota sei que posso pedir tanto para negro ou para estrudantes da rede pública mas sinceramente estou pensando bem se peço cota ou não,um forte abraço para todos os amigos deste maravilhoso site,e aos amigos que como eu busca um ensino superior boa sorte e para todos.

    • Soninha, se você pode participar pela cota, faça isso. Eu sei que o ideal seria que o aluno que realmente precisa, utilize as cotas, mas a realidade do país impede isso.
      O que vai caracterizar uma pessoa como pobre? O cara pode ganhar 582,00 por mês e pagar uma prestação de um carro em 72x de 250,00 e ter o carro dele. fica dificil.
      No brasil de hoje é dificil saber até quem é negro, imagina o pobre? Utilize o sistema de cotas.

  42. é verdade anderson mas sinceramente estou com muita duvida se uso ou não,fiquei decepcionada com o prouni, se caso eles não aceitar meu pedido de cota como fica minha situação? perco a chance no vestibular? como será juntar tanta documentação? já ouvi dizer de pedidos de cotas negados por conta da pessoa não págar energia eletrica,não ter documentação da casa que reside e por ai vai……, é muita complicação para algo que você tem direito,algumas pessoas acha que este sistema de cotas para negros é uma divida que o governo tem com os afro descendentes,outros diz que estas cotas já são discriminatórias seja uma coisa ou outra tudo isto já é um sacrilegio na hora de pedir um forte abraço a todos, parabéns para os amigos deste site sou vestibulando,(e se alguém tiver algum livro para me indicar como leitura para prova discursiva eu agradeço ) um bom domingo a todos deixo aqui meu e-mail (a.soninha@yahoo.com.br)

  43. Olá, eu estou muito em duvida. Assim, eu moro com minha tia por uma questão familia, mas meus pais ainda são vivos. Minha tia naõ tem minha tutela, logo não tme nenhum documento que comprove a mesma. Apesar disto, é ela quem me sustenta . Se for avaliar pela renda mensal dela, é inferior à pedida no edital, me tornaria carente. MAs se for ver pela dos meus pais não. Como faço? Não moro com meus pais. Estou muito confusa, se puderem me ajudar. Aguardo resposta.

    • SouVestibulando

      Raquel, sugerimos que entre em contato com o DSEA (Departamento de Seleção Acadêmica) da UERJ pelos telefones 2334-0669, 2334-0239 e 2334-0275

    • Raquel, faça uma declaração de próprio punho explicando a situação, assinada por você, sua tia, duas testemunhas que não sejam da família e pronto.

  44. ola, alguém sabe me dizer se as declarações pedidas no sistema de contas (imovel cedido, energia eletrica em nome de terceiros…) precisam ser autenticadas?

  45. olá amigos me tirem uma duvida a uerj dá bolsa auxilio para alunos inscritos pelo sistema de cota rede pública ? ou só recebe esta bolsa auxilio os candidatos que se declararem negros ? pois minha filha vai se inscrever no vestibular para segunda fase ela é casada seu marido trabalha e ela também mesmo assim fica dificil pagar a conduçao para a universidade pois eles tem um casal de filhos a renda do casal junta é de 1,800 reais e para se deslocar para a faculdade ela gastará duas condução de ida e duas de volta será que candidatos concorrendo pela rede pública tem direito a bolsa auxilio? um forte abraço a todos deste maravilhoso site.

    • SouVestibulando

      Penha, a bolsa-auxílio (R$ 300) é destinada a todos os alunos da Uerj que ingressaram pelo sistema de cotas, seja de negros/pardos, seja de aluno da rede pública. A exigência quanto à salário é que cada um dos moradores da casa ganhem até R$ 960, ou seja, basta somar os salários (inclusive o das crianças – R$ 0,00), e depois dividir o resultado da soma pelo número de moradores na casa; se o resultado for igual ou inferior a R$ 960 ela faz jus à bolsa e pode concorrer, caso contrário, será indeferida. Mais informações: 2334-0669, 2334-0239 e 2334-0275 (telefones do vestibular Uerj).

  46. olá amigos do sou vestibulando minha casa é própia porém eu nao pago iptu há muito tempo só tenho o carne do ano de 2009 sera ? que ele serve para a uerj na opçao rede pública? e onde eu moro a light ainda não colocou relogios medidores de energia eletrica como eu vou comprovar ? na verdade eles pedem muita documentaçao e o candidato acaba perdido beijos eu espero resposta (grato)

  47. boa tarde eu gostaria de saber passo a passo sobre imposto de renda meu marido declarou apenas ano de 2009 e 2010 ele não declarou eu li o edital nao entendi entrei em contato com a uerj e as informação que tive fou de pegar a obrigatoriedade eu não declaro somente ele tem como vocês me informarem como proceder já que dia 11/10 é o último dia de postagens de documentações,será que a declaração que ele tem de 2009 vai ter valor ? desde já agradeço.

    • SouVestibulando

      Soraya, não conseguimos entender sua solicitação. É recomendável, então, que você, mais uma vez, entre em contato com o DSEA/UERJ. É mais confiável.

  48. Gostaria de saber se a condição socioeconomica se aplica ao sistema de cotas.

  49. QUERO COMUNICAR A TODOS QUE A LISTAGEM DE CONTEMPLADOS PARA A RESERVA DE VAGAS NA UERJ DO VESTIBULAR DESSE ANO POSSUI UMA SÉRIE DE ERROS. TEM CANDIDATA QUE FOI CONSIDERADA COMO CARENTE QUE ESTUDA MEDICINA EM FACULDADE PARTICULAR PAGANDO R$2.500,00 REAIS POR MÊS E FOI CONSIDERADA COMO TENDO RENDA PER CAPITA DE ATÉ R$960,00 REAIS PELA UERJ.
    HÁ CANDIDATOD BURLANDO O SISTEMA PARA CONSEGUIR ENTRAR PELAS COTAS.
    ISSO É UM ABSURDO!

    • SouVestibulando

      Bruno, caso conste erros, contacte o DSEA/UERJ.

      • Bruno, de que adianta você fazer esse tipo de denúncia aqui? E de que adianta você dizer que “tem gente” burlando o sistema? Que gente? Qual a inverdade informada pela pessoa? Você tem provas? Se respondeu que sim, é simples: pertinho da UERJ, na rua em frente (rua General Zenóbio da Costa) tem uma delegacia de polícia. Fraude em concurso público é CRIME, e quem comete tem mais é que provar um inquérito policial pra ver o que é bom pra tosse.
        Deixa desse discurso de trouxa pela internet e, já que você sabe quem fez o que não é certo, tome uma atitude cidadã e cobre das autoridades as providências que você julgar cabíveis.

  50. Bruno. Se você tem o conhecimento de tal falha, denuncie. Pois essa pessoa vai tirar a vaga de alguém que realmente tem direito ao sistema de cotas.
    É bom lembrar que a análise da cotas se darpor meio da documentação que é enviada ao DSEA/UERJ e se algum candidato falsificou alguma documento comete crime de falsidade ideológica.
    Então Bruno, informe o nome completo do candidato nos mantenha informado sobre o que a UERJ disse e fez após a denúncia.
    Não podemos permirtir isso.

    • CARO ANDERSON, O NOME É **********************.

      A UERJ PROMETEU INVESTIGAR, E ATÉ AGORA NÃO TIVE UMA RESPSOTA CONCRETA.

      • Bruno, só tome cuidado ao divulgar essa informação por aí. Oriento você a evitar divulgar o nome dessa pessoa por aí. Vá a uma delegacia de polícia e registre o caso. Caso a tal candidata seja inocente, você pode acabar sendo processado por ela.

      • SouVestibulando

        O SouVestibulando já vetou o nome.

  51. pois é você se lembra daquela reportagem em que alunos com carros importados faziam parte do prouni? concordo com sua indignação, realmente é um absurdo esta na hora deles rever melhor a forma de avaliar estes pedidos de cota, graças a Deus meu pedido de cota foi deferido,quanto ao prouni ano passado eu fiz o enem e ai fui contemplada com uma bolsa de 50% do prouni,recusei não compareci pois meu marido ganha cerca de 2 salarios minimos.eu ganho 582,00 por mes e temos 2 filhos e eles vem com apenas 50% ? faça-me o favor né senhor ministro hadad!!! e os patricinhos dos carros importados ganha 100%? onde vamos pararrrrr. mesmo assim bruno não desista afinal somos brasileiros, e acreditamos e lutamos por dias melhores quanto ao pro uni deste ano vou novamente tentar uma bolsa 100%,(um forte abraço para o criador deste maravilhoso site).

  52. olá, alguém sabe ou tem alguma ideia de quando será divulgado a relação candidato vaga cotista? desde já agradeço.

  53. Karine, a divulgação desse dado só acontece depois da divulgação da classificação.

  54. Olá! Bruno, tenho interesse em recorrer junto a você contra a candidata, gostaria de mais informações.

    • oi luíza, entra em contato com a uerj pra cobrar uma resposta, porque até agora nada de concreto foi feito, a candidata, passou e já se matriculou como cotista e nada foi feito.

  55. mandei e-mail para a uerj perguntando sobre o caso e eles me disseram que ainda não tinham terminado de apurar a denuncia nao estou nem perto de ser rclassificada mas acho uma sacanagem uma pessoa que nao tem direito entrar a uerj teria que ter um jeito mais eficiente de fiscalizar essas cotas. como vamos saber quem esta falando a verdade agora nessas cotas?

    • é rosy , a candidata já assumiu a vaga e até agora a uerj nada fez.
      estou mandando e-mail pra uerj mas nenhuma resposta concreta foi dada.
      continue mandado e-mail, vamos vê se eles respondem.

  56. Bruno. A UERJ só verifica a documentação que foi enviada. Não ficam fazendo levantamento dos rendimentos dos candidatos, não confrontam dados. Se fizessem isto não teríam tempo hábil para fazerem a verificação juntamente a todos os orgãos públicos.
    Além do mais o sigílo fiscal e bancário impedem isso. Ela pode simplesmente omitir uma pessoa que reside na casa dela e que ganharia um valor que superaria o limite estipulado pela lei.
    Então eu acho que este caso está sem solução, porque a UERJ não tem poder de polícia para investigar.
    Então tudo acabrá em pizza.
    lamentável, mas é verdade!!!

    • Já disse antes e repito: já que você está tão convicto em sua afirmação, vá atrás de quem realmente pode fazer alguma coisa, Polícia Civil ou Ministério Público. A UERJ já deu seu deferimento à candidata, isso quer dizer que ela cumpriu todas as exigências do edital e a UERJ está de mãos atadas sobre o assunto.
      Mas se você tem provas, ou pelo menos está certo do que está afirmando, o Ministério Público terá prazer em investigar e tomar as providências por você.
      Boa sorte.

  57. cada dia que passa fico mais desacreditada nestes programas do governo acaba entrando realmente quem nao precisa isto é uma vergonha, por isto digo e afirmo que a unica cota coerente é a da rede pública !!!

  58. bruna lúcia nascimento de oliveira

    gostaria de saber as materias ker vão cai no vestibular da ufrj em 2012

  59. Anderson, a Uerj tem poder sim de investigar, e é oq estão fazendo, foi aberta uma sindicância devido a denùncias de vários candidatos, agora é esperar um resposta.
    Bruno, você é o 6º colocado? fui orientado pela uerj a entrar com um mandado de segurança para garantir a vaga, porém como não sou o próximo, não pude fazer nada, se eu fosse o 6º entraria para garantir a minha vaga, já que a Lívia não tem direito!!
    Agora fico pensando, será que essa pessoa está sabendo disso?

    • Alan, sindicãncia interna, que vai apenas verificar a documentação enviada pelo candidato. O que não significa uma investigação que poderia apurar realmente se houve ou não fraude. Como eu falei em comnetário anterior, a UERJ apenas faz uma avaliação na documentação enviada pelos canditados e não faz o “confronto” de informações, mesmo porque não tem acesso aos bancos de dados para isso. Eu queria muito que a UERJ fosse mais rígida na avaliação da documentação, mas infelizmente não é assim. Vcê sabia que qualquer pessoal pode se declarar “negra” e participar do sistema de cotas? Mesmo porque na hora da matricula não tem nenhum fiscal, para “julgar” quem é ou não negro.
      O sistema de cotas é bom, porém tem suas falhas…
      Agora sobre o mandado de segurança, embaso em que? numa “possível” fraude no envio da documentação? acho muito díficil ter um parecer favorável.
      Enfim..vamos acompanhando o desenrolar da história….
      abraços

  60. O sistema de cotas é uma absurdo seja ele qual for, tanto para escolar publicas, ou por raça ( apesar de falarem que depende da situação financeira).
    O estado nao deve fornecer facilidades para as pessoas passarem no vestibular e sim investir em uma educação de qualidade para que os alunos tenham condições de entrar por eles mesmos.
    Afinal é totalmente inadequado aprovar um aluno que tenha média 2 em uma faculdade e outro que tenha média 8 ficar de fora.
    é preciso investimento em educação para de todos possam ter chances igualitárias e além disso a educação nao se restringe a faculdade, pois o essencial está nos anos de colégio em que os alunos formam seu caráter,etc.
    Além disso,existem muitos outros agravantes, porque colégios como o militar, cefet, nao são fracos de ensino, e entram nas cotas, oque é extremamente injusto.
    Afinal,ninguem estuda em colégio particular porque quer, e sim pq a ensino publico em geral é uma vergonha,ai os invés de tentarmos melhorar, simplismente colocamos cotas, que nem sérias são, pq fica claro que o estado nao é capacitado para seguir de verdade as leis.
    Enquanto isso, os alunos de escolas publicas continuaram tendo um ensino extremamente deficitário,por conta disso algunsn até desistem..
    e os alunos de colégios particulares nos quais os pais se matam de pagar ou lutam para manter uma bolsa, são prejudicados muitas vezes por essas cotas, oque torna mt mais dificil o ingresso para uma faculdade.

  61. olá amigos boa noite tenho 34 anos e gostaria muito de entrar para o corpo de bombeiros recebi instruções que as provas se dá pela Uerj mas como proceder? ao entrar o que eu seria soldado? o primeiro exame de qualificação da Uerj,e o segundo serve para entrar? e a segunda fase seria composta de quais materias? DESDE JA´AGRADEÇO

    • Angélica, existem basicamente 3 formas de ingresso ao CBMERJ. Oficial de carreira combatente do fogo, que deve fazer a prova da UERJ e ao final do 4 anos sai da Academia como Aspirante a Oficial de carreira; Oficial dos quadros auxiliares, como médicos, enfermeiros e outras áreas, que fazem uma prova à parte, publicada e definida a data pelo próprio CMBERJ, e a prova para praça (soldado) que também não tem ligação com o vestibular da UERJ.

  62. tudo errado neste país!!

  63. Nao vejo problemas nos sistemas de cotas , sou a favor mas ao mesmo tempo nao sou . Para mim os problemas estao em certas injustiças que o próprio governo ou estado cometem.
    E li emcima algumas pessoas negras citando que acham ”preconceito” e julgado omo falta de capacidade. Ate aonde sei nao vi autoridade nenhuma falando isso. O proprio preconceito muitas vezes vem dos negros.
    So acho certo cotas para aqueles que nao tiveram oportunidades para um ensino de qualidade , que as vezes nem mesmo certos colegios particulares proporcionam

  64. Barbara Leandra

    Sou contra o sistema de cotas em todos os sentidos. Não pelas pessoas que não tiveram a chance de ter um estudo descente, que foi o meu caso, nem pelos os negros e indíginas que sofreram séculos de maus tratos e tiveram sua identidade roubada.
    Na minha opinião as Universidades Brasileiras deveriam ser todas federais e PAGAS, com sistema de ingresso através da vida escolar e pela comprovação de carência econômica. Idependente da instituição de ensino ser pública ou privada onde o candidato estudou o Ensino Médio, seu desempenho escolar e sua condição financeira garantiriam seu acesso à Universidade como bolsista, assim como acontece em algumas das melhores Universidades dos Estados Unidos e Europa.
    O sistema de cotas é um meio de tampar o sol com a peneira, quando o onus de manter os cotitas na universidade é enorme. A educação de base deveria receber os investimentos nescessários para que quando o cidadão chegasse a idade de ingressar na instituição tivesse a capacidade de competir de igual para igual com qualquer candidato, independente da condição financeira, etinia ou acesso ao ensino de base.

    • Num mundo ideal, seria como vc sugere, Bárbara, e é como eu também acho que deveria ser. Mas nosso país precisa caminhar muito antes de alcançar esse nível de civilidade. Por hora, uma das poucas maneiras que o estado tem para tentar dar aos que realmente querem mas não têm como um ensino superior sem custos e em condições de igualdade na forma de ingresso. são as cotas sociais. Mas entendo e compartilho da sua visão.

  65. Olá pessoal! Ainda irei fazer a primeira prova da uerj, mas ja estou me antecipando para saber a respeito do “sistema de cotas para negros”. Eu li tudo que postaram a respeito, mas ainda estou meio confusa. Alguém me explica!? Na minha casa são 4 pessoas contando comigo. Meu pai é o único que trabalha, e ganha 1300 reais. Eu consigo entrar no sistema de cotas? Obrigado. Beijos

  66. Olá pessoal. Eu li a respeito do “sistema de cotas para negros”, mas ainda estou meio confusa. Na minha casa tem 4 pessoas contando comigo. Meu pai é o único que trabalha e ganha 1300 reais. Eu consigo entrar por cota? Beijos .. Obrigado

    • Se sua renda per capita BRUTA (sem os descontos do contracheque) ficar abaixo do estipulado você poderá pedir cotas, desde que se enquadre em um dos grupos previstos no manual do candidato.

  67. Gostaria de saber já q a uerj é auto declaração meu avo é negro , minha avo é indigena eu posso colocar cota?

  68. Boa tarde! Queria saber se eu tenho direito a cota de rede pública, pois estudei a minha vida inteira na mesma, mas terminei os estudos há quase dois anos e queria saber se ainda tenho direito as cotas.
    obrigado!

    • Sim, Roberto, desde que atenda também aos requisitos referentes a renda. Eu entrei como cotista na UERJ 10 anos depois de ter acabado o ensino médio na rede pública. Vale lembrar que o candidato tb tem que ter feito o ensino fundamental da 5ª a 8ª séries (isso no meu tempo, parece que hoje se chama do 6º ao 9º ano) na rede pública.

  69. Adoooooooooooooooooooooooooooorei e cotinui assim!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  70. Gostaria de saber como FUNCIONA O PROCEDIMENTO DAS CORREÇÕES DAS PROVAS PELO SISTEMA DE COTAS e QUANTO DEVO TIRAR PARA SER SELECIONADA.
    Desde já obrigada.

    • A correção é idêntica à dos demais candidatos, você não tem que tirar nota nenhuma para ser cotista, mas cim atender aos pré-requisitos previstos no manual do candidato.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: